COMO PERDER BARRIGA DEITADO. ACREDITE É POSSÍVEL!


Que atire a primeira pedra quem nunca imaginou isto. E se eu te falar que é possível, você acreditaria em mim? Posso dizer que sim, é possível melhorar este aspecto de barrigão, mas é óbvio que não é somente deitado no sofá sem fazer nada que vai conseguir, vai precisar de um pouquinho de movimento. Você vai precisar deitar no chão e seguir estes 4 passos:

Antes de começar quero esclarecer que o volume abdominal, além do excesso de gordura que tenho certeza que isto te incomoda quando vai na praia, na piscina ou precisa colocar uma roupa mais justa no corpo, pode estar associado a musculatura desta região enfraquecida, então este exercício não tem o foco de “queimar gordura abdominal” e sim fortalecer esta região. Mas se você não quer dar o braço a torcer e diz que está bem com o “barrigão”, mas sente dores nas costas, esta dor também tem relação com os músculos abdominais enfraquecidos.

Mas como este post está direcionado a perder barriga deitado, vamos focar em fortalecer esta região com 4 movimentos simples e de fácil execução que qualquer pessoa pode realizar e tenha certeza se você fizer por pelo menos 3x na semana, por no mínimo 1 mês, vai sentir sua cintura mais fina, vai reduzir as dores nas costas e vai reduzir seu volume nesta região.

Como são movimentos parados, você não precisa nem ficar aquecendo para começar, só disposição e afaste o sofá, arrume um tapete macio e vamos lá:

Posição de flexão de braços.

Aqui você só vai simular. Mantenha seus braços estendidos na linha do ombro e quadril alinhado com o tronco. Glúteos e abdômen contraídos.

Iniciante: 2 a 3 x de 10 a 20 segundos

Intermediário: 3 x de20 a 30 segundos

Avançado: 3 a 4 x de 30 segundos a 1 minuto

 Twist

Sente-se, estenda as pernas para frente, flexione um pouco seu joelhos e incline seu tronco para trás, de modo que você sinta que seu abdômen fique contraído. Mantenha os cotovelos apoiados no seu corpo e palma da mão firme uma na outra. Gire seu tronco de um lado para o outro, sem necessidade de encostar a mão no chão. Se quiser dificultar um pouco mais o exercício, tire os pés do chão. Lembre-se o movimento deve ser feito com o tronco e não ficar girando o braço de um lado para o outro, rsrs

 

Iniciante: 2 a 3 x de 10 a 20 repetições para cada lado

Intermediário: 3 x de 20 a 30 repetições para cada lado

Avançado: 3 a 4 x de 30 a 50 repetições para cada lado

 

Tirando o quadril do chão.

Mantenha seus braços estendidos na linha do ombro e quadril alinhado com o tronco. Apoie os pés no chão, tire o quadril do chão, mantendo somente os pés e os ombros apoiados no chão. Glúteos e abdômen contraídos.

Iniciante: 2 a 3 x de 20 a 30 segundos

Intermediário: 3 x de 30 a 50 segundos

Avançado: 3 a 4 x de 50 segundos a 1 minuto

 

Ponte lateral

Mantenha o braço de baixo na linha do ombro, cotovelo apoiado no chão e o outro braço estendidos na linha do corpo. Coloque um pé sobre o outro e mantenha as pernas estendidas. Suba seu e quadril alinhado com a cabeça e o tronco e segure a posição mantendo glúteos e abdômen contraídos.  Não se esqueça, Faça dos dois lados.

Iniciante: 2 a 3 x de 10 a 20 segundos

Intermediário: 3 x de 20 a 30 segundos

Avançado: 3 a 4 x de 30 segundos a 1 minuto

Espero que tenha ajudado, estes exercícios não tem idade e não tem hora para fazer. Agora se você enjoar destes e quiser aprender e conhecer outros exercícios, entre em contato e agende sua aula experimental conosco, teremos o prazer em te ajudar na sua saúde.

Até o próximo post!

Please follow and like us: