SABIA QUE COMER SALADA PODE TE ENGORDAR?


7 erros que você pode estar cometendo ao preparar sua salada

Final de ano chegando, verão, praia, rima com corpos expostos e é neste momento em que muitos buscam pelo remédio milagroso de final de ano. O tal do “emagrecer rápido”, “perder barriga rápido”. Tudo bem, é época de dias quentes e uma salada cai muito bem. E comer salada é como ir à academia, você se sente bem, mais “fitness”. E se você começou fazer uma dieta de salada, porque a amiga está fazendo e está emagrecendo rápido, talvez ela esteja perdendo músculos por só comer salada, mas isto é tema para um outro post.

O que quero falar aqui é que você comendo salada nem sempre o efeito no seu corpo é o esperado e a perda de peso não acontece. Porque você pode estar colocando alguns ingredientes na hora de servir o prato e que podem aumentar sua gordura corporal ao invés de baixar como muitos querem.

Comer verduras e vegetais ajudam na promoção do bem-estar porque regulam o metabolismo e a digestão, legal, disso você já sabe. Porém o principal problema está em não conhecer os benefícios dos alimentos e escolher mal os ingredientes da salada.

E com isto, vou pontuar 7 erros que você pode estar cometendo ao preparar sua salada

1 – Nem tudo o que é prato gelado é salada. Macarrão ou batata com maionese não são salada e engordam mais do que nutrem o organismo

2 – O excesso de sal e os temperos muito salgados acabam comprometendo os benefícios do prato. Algumas pessoas não gostam do sabor da salada e exageram nos molhos e no sal, para compensar. Aí vem o risco de pressão alta e acúmulo de liquido no corpo.

3- Cuidado com os molhos industrializados, estes são carregados de sal. As melhores alternativas são molhos feitos à base de azeite de oliva extra-virgem, sem maionese ou outras fontes de gordura. Temperá-los com ervas, cebola ou tomate adiciona sabor sem deixar a salada gordurosa. O limão e os vinagres de vinho e maçã são opções que dão acidez, sabor diferenciado e não representam tantas calorias.

4 – Adicionar queijo comum ralado ou molhos à base de queijo na salada fornece cálcio e proteínas ao prato, mas também aumenta muito a quantidade de calorias do prato. O ideal é escolher queijos brancos com pouco sal ou opções de queijos com sabor mais forte, que, apesar de mais gordurosos, normalmente são servidos em menos quantidade.

5- Outro erro muito comum. Adicionar cubinhos de torradinhas temperadas na salada para dar sabor e crocância ao prato, mas não oferecem nutrientes como fibras, só mais carboidratos ou fornecem muito sal ao prato. Quer dar crocância ao prato? Adicione sementes de girassol, grãos de castanhas moídas, linhaça triturada.

6 – As frutas secas além de textura, fibras e um sabor docinho, também devem ser consumidas com moderação. Isso porque, em alguns casos, o processo de ressecar a fruta é feito adicionando-se açúcar e ai você acaba que colocando mais açúcar na sua salada.

7 – Adicionar carne magra ao prato funciona como uma fonte de proteínas, importante para o organismo. Porque só a salada não te fornece a quantidade de proteína para manter seus músculos e ajudar no processo de emagrecimento. Então quer viver só de salada, deve ter alguma proteína também.

 

Quer comer sua salada, como SALADA, folhas verdes, vegetais e nada de ficar inventando outras opções para “dar mais sabor” a salada.

Isto porque em muitos casos, as pessoas colocam folhas no prato só para ter um prato bonito e colorido, mas por baixo está todo o problema do porque você não consegue emagrecer.

 

Pense nisto e fica a dica para seu projeto verão!

 

Até o próximo post

Please follow and like us: